Interdidática – Feira Internacional de Tecnologia em Educação, Formação e Treinamento

06/04/2011

A Interdidática – Feira Internacional de Tecnologia em Educação, Formação e Treinamento, disponibilizará a oferta de produtos e tecnologias educacionais de empresas nacionais e internacionais para todo o mercado da educação, colocando frente a frente fornecedores e clientes, em favor do uso da tecnologia por um Ensino de Qualidade.

Interdidática é o evento indispensável, considerado marco seletivo entre fornecedores e clientes, das redes pública e privada de ensino, interessados em conhecer produtos e tecnologias educacionais e que dinamizarão os negócios dos meses subsequentes, abrindo relacionamento para todos os interessados no mercado educacional. Continue lendo »


Por que as faculdades de tecnologia deixaram de ser atraentes para os jovens?

03/04/2011

Especialistas atribuem o esvaziamento das universidades a uma falsa percepção de que as pessoas dominam o assunto

No início dos anos 90, o curso de Ciência da Computação era um dos mais disputados nas universidades brasileiras. Nos últimos anos, no entanto, a situação se inverteu, com uma drástica redução no número de candidatos que disputam uma vaga nas faculdades relacionadas à tecnologia. O motivo? A falta de interesse dos jovens por seguir uma carreira nesse setor.

Uma das explicações para esse fato deve-se à própria disseminação do uso de recursos tecnológicos. “Os jovens que estão entrando no mercado de trabalho hoje já nasceram com acesso à internet e ao celular. Assim, eles acham que dominam a tecnologia e não enxergam tudo o que existe por trás para que as coisas funcionem”, pontua Sérgio Sgobbi, diretor de Educação e Recursos Humanos da Brasscom (Associação Brasileira de Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação). Continue lendo »


Ministro defende formação de tecnólogos

23/02/2011

“Estão faltando engenheiros no mercado de trabalho e faltarão mais ainda”, alerta Marcos Túlio de Melo, presidente do Conselho Federal de Engenharia, Arquitetura e Agronomia (Confea).

O órgão reúne profissionais dessas áreas além de geólogos e meteorologistas. Para ele, “o apagão de mão de obra poderá trazer graves consequências para a economia brasileira”. Continue lendo »