Para profissionais de TI, segurança ainda é barreira na nuvem

Cloud computing ainda gera desconfiança entre profissionais de TI. A conclusão é do estudo Cloud and the Future of Business: From Costs to Innovation, realizado pela Accenture em conjunto com a unidade de outsourcing da London School of Economics and Political Science. De acordo com o levantamento, as equipes de tecnologia da informação veem segurança e privacidade como barreiras para a adoção de modelos de computação baseados na nuvem.

“Uma das descobertas mais interessantes foi que havia uma lacuna entre os gestores de negócios e os departamentos de TI”, diz Andrew Greenway, responsável pelo estudo por parte da Accenture. “Os empresários disseram que não veem a segurança nem a privacidade como um problema em torno da cloud computing. Por outro lado, o pessoal de TI vê a privacidade dos dados, o risco de aprisionamento e a segurança, como um grande problema.”

Greenway acredita ainda que “os recursos humanos de TI também não estão convencidos dos benefícios da nuvem assim como a comunidade empresarial”.

Para Greenway é preciso reduzir essa diferença. Caso contrário, os gestores de negócio podem contratar os serviços pretendidos, contornando a opinião dos departamentos de TI. “Isso vai causar um choque nas equipas de TI, levando-as a disponibilizar serviços muito mais rapidamente e com maior agilidade”, afirma.

A Accenture ouviu mais de mil gestores de negócios e de TI para chegar aos resultados do estudo. Além disso, os analistas realizaram mais de 35 entrevistas com responsáveis dos principais prestadores de serviços de cloud computing, integradores de sistema e utilizadores. O relatório abrange a evolução de cloud durante os últimos dois anos e reforça a visão de que a nuvem vai afetar a TI.

“Há a necessidade de os departamentos aderirem ao modelo e perceberem que o mundo vai ser diferente, além de exigir um método muito mais transparente e ágil para disponibilizar capacidades de TI no futuro”, diz Greenway. O executivo prevê que haverá uma grande mudança de direção para a TI, capaz de produzir um forte impacto nas organizações.

As organizações vão ter de se adaptar às mudanças e aprender a gerenciar serviços de cloud computing para disponibilizar funcionalidades e aplicações de TI ao negócio, de forma consistente e flexível. Podem constituir grandes desafios a gestão dos dados em múltiplos sistemas de diferentes fornecedores de serviços de cloud, mantendo ao mesmo tempo boa governação e garantias sobre a informação, segundo a Accenture.

A Accenture acredita ainda que um novo tipo de departamento de TI surgirá e deverá se tornar o departamento de TI 2.0. “Haverá pofissionais capazes de disponibilizar vários serviços em horas em vez de anos”, finaliza.

Via Computerworld

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s