App do Facebook que promete exibir quem visitou seu perfil é golpe

Milhares de internautas caíram no scam, que também já circulou pelo Twitter. Empresa de segurança ensina como limpar conta infectada.

Quem é cadastrado no Facebook deve ter notado um estranho fenômeno nos últimos dias: inúmeros usuários estão sendo marcados em fotos, mas, em vez da suposta imagem aparecer no mural, o que se vê é uma ilustração com a legenda “My Top 10 Stalkers” (Meus 10 maiores perseguidores) e, logo abaixo, uma chamada para que outros usuários também descubram os amigos que mais bisbilhotam suas contas.

Trata-se, no entanto, de um scam – um golpe virtual. Não só o internauta não verá quem visualiza seu perfil, como terá publicado em sua página uma mensagem que convida seus conhecidos a cometer o mesmo erro. A velocidade com que a praga se espalhou, no entanto, é impressionante. Alguns sites falam em 60 mil infectados, mas o número pode ser maior – visto que as pessoas continuam caindo no golpe.

Quem clica no link propagado, vê uma janela igual a de aplicativos convencionais, que pede o consentimento do usuário para acessar algumas funções de sua conta. Para abrir o programa, ele deve aceitar a solicitação. Nesse caso, porém, ao fazê-lo, ajudará a propagar o spam.

Segundo a Sophos – companhia de segurança digital – esse tipo de ameaça costuma pedir ao internauta o preenchimento de um formulário, e é isso que os crackers querem. A cada formulário, mais eles ganham. Esse scam, por sinal, chegou ao Twitter, com a mesma estratégia, antes de atingir o Facebook, como mostra o alerta publicado pela companhia em março.

Para os usuários cujo perfil foi infectado, a Sophos publicou um vídeo em que explica como limpá-lo. O internauta deve ir em configurações de privacidade, no menu “Conta”, e clicar em “Edite suas configurações”, abaixo do título “Aplicativos e sites”. A seguir, precisa selecionar logo a primeira opção – ao lado de “Aplicativos que você usa” – para ver todos programas incluídos na conta. Para remover o código malicioso, basta excluir o aplicativo danoso, clicando no pequeno “X” ao lado dele.

Por Ricardo Zeef Berezin, do IDG Now

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s