Vai mudar o nome da sua empresa? Conheça os cuidados que precisa tomar

O que é um nome? Tudo, principalmente quando falamos de empresas.

Por isso, todo cuidado é pouco na hora de pensar em mudar o nome da sua empresa.

É claro que existem boas razões para isso. Você pode ter comprado uma empresa com o nome de outra pessoa, mas quer que ela tenha o seu nome. Talvez as suas atividades tenham mudado e o nome atual dá uma ideia errada dos seus serviços e produtos.

Regra de ouro: trate a mudança de nome com cuidado. Veja sete questões que você deve considerar:

1. Ache uma razão importante para a mudança do nome.

Nunca troque o nome só porque não gosta dele. Em vez disso, pense o que pode justificar a mudança e tenha certeza de que ela é realmente necessária. “Sempre é uma decisão difícil”, diz Luda Kopeikina, autora de “The Right Decision Every Time: How to Reach Perfect Clarity on Tough Decisions” (A decisão certa todas as vezes: como ter clareza total em decisões difíceis, sem tradução no Brasil).” O nome é uma marca e atinge muitas pessoas. Isso deve ser tratado com muito respeito, segundo ela.

2. Saiba o que uma mudança de nome exige.

Não ignore as consequências da mudança. Não afeta apenas o letreiro da sua porta. Pense nos cartões de visita, materiais de escritório, materiais de venda e, principalmente, páginas na internet que terão de ser atualizadas. Tudo isso junto pode custar muito caro. Luda recomenda que qualquer empresa que vá mudar de nome mantenha duas páginas na internet por vários meses, para que os clientes que entrarem na página antiga sejam levados para a página nova. Mesmo assim, saiba que a mudança não é 100% segura: “você vai perder clientes no meio do caminho”, ela diz.

3. Você consegue restabelecer a marca?

Mesmo as menores empresas marcam seus produtos com o seu nome. Por exemplo, se você comprar uma empresa que tem o nome de uma família e está há muitos anos no mercado com sucesso, pense se um novo nome vai manter pelo menos parte dessa valiosa marca. “Muitas vezes, é melhor manter o nome e dizer que a empresa mudou de direção”, explica Luda.

4. Lembre as suas principais atividades.

Pelo que você leu até agora, parece melhor manter o nome antigo na maioria dos casos. Mas nem sempre é assim. Um bom nome reflete as suas principais atividades. Pensando nisso, encontre um novo nome se as suas atividades mudarem muito e o novo nome puder representá-las melhor. “Para pequenas empresas, é bom que o nome diga exatamente aquilo que elas fazem”, Luda afirma.

5. Se for trocar de nome, pesquise.

Se você realmente precisar de um novo nome, não basta simplesmente mudar. O advogado Keith Emmer recomenda muito cuidado. Veja se o nome não é muito parecido com o de outra empresa. Fique atento para marcas registradas. “Se o nome for pelo menos parecido com uma marca registrada, você pode ter problemas legais e muitos gastos”, ele diz. Faça a mesma pesquisa de nomes na internet se quiser que sua empresa seja marcante no mundo virtual.

6. Mostre o novo nome aos clientes.

Mesmo um nome que agrade muito ao dono da empresa pode não parecer bom para os clientes. Pergunte a todos, de clientes a fornecedores. Eles acham que o nome mostra bem o que é a empresa? Eles vão lembrar esse nome? Eles acham que você está certo em mudar de nome? Pedir a opinião de outras pessoas geralmente ajuda a ver as coisas de outra maneira e também dá uma ideia de como será o resultado se você realmente mudar o nome da empresa.

7. Acima de tudo, vá com calma.

Não importa se uma decisão rápida parecer o melhor caminho, é fundamental pensar sobre a mudança do nome com calma e cuidado. O mais importante é evitar uma decisão automática que possa ter consequências ruins por anos. Se achar uma boa razão para mudar o nome, pense nisso novamente depois de uma ou duas semanas para ver se ainda pensa da mesma forma. Se você criar um nome incrível, deixe passar um tempo para ver se ele ainda parece bom. Pergunte se um cliente gosta do novo nome e pergunte novamente depois de um mês para ver se a reação muda. “Você perde a sua identidade se muda o nome, por isso, pense com calma”, Luda aconselha. “Se der tempo suficiente, pode perceber que não vale a pena. O nome da sua empresa estará com você por muito tempo, você precisa gostar dele”.

Por Jeff Wuorio – publicado no Pensando grande

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s