Como vender uma ideia sem correr riscos de que alguém a copie?

Há uma chance muito pequena que alguém copie sua ideia ou projeto simplesmente porque ouviu você falando sobre ela. O segredo para reduzir essa chance a zero é convencer qualquer um que você é a melhor pessoa para executar o projeto: ou não terão qualquer interesse sobre sua ideia, ou irão desistir de copiar ao ver sua proficiência, ou pedirão para participar com você. Como trabalhar para isso acontecer?

1) Comece contando sua ideia para pessoas muito próximas, como familiares ou amigos em quem você pessoalmente confia. Não vai ajudar muito, porque eles provavelmente lhe dirão “que ótima ideia!” e darão pequenas sugestões de melhoria. Mesmo assim, é um bom treino para articular sua explicação.

2) Em seguida, aborde pessoas experientes no mercado que você atinge e que sejam próximas de alguém que você conhece. Por exemplo, um ex-chefe que você respeita, ou um amigo da família. Esses serão mais imparciais, comentando se consideram sua ideia realmente viável e como você pode melhora-la.

3) Após pesquisar bastante sobre o tema, concorrência e ter o feedback de todos acima, tente convencer uma pessoa a trabalhar com você no projeto. Por exemplo, peça 3 indicações de programadores confiáveis e conte sua ideia a eles. Se um ou mais se interessarem de verdade – por exemplo, concordarem em trabalhar recebendo somente um pequeno percentual do negócio – seu projeto começa a ter alguma chance de estar no caminho certo.

4) Nesse ponto, você já é capaz de criar um pitch e treina-lo exaustivamente. Vá então a um meetup na sua cidade e apresente sua ideia ao máximo de pessoas que você puder. Como praticamente todos no meetup estarão trabalhando em ideias próprias, qualquer interesse explícito sobre seu projeto irá lhe dar mais alguns pontos.

5) Nesse ponto, ou você desistiu da ideia, ou mudou-a consideravelmente, ou já está bastante confiante no projeto. Inscreva-se para apresentar seu projeto em sessões de open pitch (diversos meetups e competições permitem isso), e se seu trabalho estiver bem feito, um investidor irá procurá-lo por conta própria para saber mais.

E se você já tem algo pronto, provavelmente já está guardado por uma patente ou outro tipo de proteção. Caso contrário, lembre-se que provavelmente alguém já teve uma ideia idêntica à sua, e pode até ter descoberto (antes de você) que ela não irá dar em nada. Mesmo assim, o segredo de uma startup é como você executa o projeto – e isso depende somente da sua competência e do time que você montou, não do segredo que você guarda.

Por Yuri Gitahy via Portal Exame

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s