10 programas Microsoft gratuitos

Não é doando software que a gigante ganha seus bilhões todo mês. Mas nem ela resiste à estratégia de usar presentes para fidelizar o consumidor.

Já tivemos o CEO Steve Ballmer distribuindo novos smartphones com Windows Phone 7 a todos os desenvolvedores da Professional Developers Conference – e todos os 89 mil empregados da empresa terão seu próprio celular com Windows.

Mas você não tem de peregrinar a Redmond ou trabalhar para a Microsoft para aproveitar as tecnologias gratuitas de uma das maiores empresas de software do mundo.

Vamos dar uma olhada em alguns dos programas gratuitos da empresa que podem agradar a consumidores, usuários corporativos e profissionais de TI.

Security Essentials
Feito para PCs com Windows, o produto antimalware gratuito da Microsoft foi lançado em setembro de 2009. Recentemente a Microsoft alterou o acordo de licenciamento para permitir que as pequenas empresas rodem o Security Essentials em até dez computadores.

A Microsoft também oferece o EMET (Enhanced Mitigation Experience Toolkit), um download gratuito para melhor proteger aplicações antigas e que pode tornar mais difícil a exploração das vulnerabilidades de software pela Internet.

Network Access Protection
Esta “NAP grátis e básica para ambientes exclusivamente Windows” vem incluída no Windows XP, Vista, Windows 7 e Server 2008. “Os recursos são relativamente primitivos”, de acordo com o analista de testes Joel Snyder, da Network World/EUA. Para ele, “a NAP da Microsoft funcionará melhor em um ambiente formado apenas por máquinas com Windows, no qual todos os dispositivos são ligados a um domínio Windows”.

Ferramentas de desenvolvimento do Windows Phone 7
Como preparação para o lançamento do smartphone WP7, a Microsoft liberou versões gratuitas das ferramentas de desenvolvimento Visual Studio 2010, Silverlight 4 e Expression Blend 4 para ajudar os desenvolvedores a construir aplicações para os novos aparelhos.

Claro que os celulares em si não são gratuitos, mas há diversos exemplos de oferta gratuita de ferramentas pela Microsoft. A plataformas .Net Framework e Silverlight são gratuitas, e a Microsoft oferece uma versão Express, também grátis, de seu Visual Studio.

Office Web Apps
As versões gratuitas online do Word, PowerPoint, Excel e OneNote foram lançadas este ano quando a empresa passou a oferecer os Office Web Apps, um serviço de nuvem para o consumidor.

A versão gratuita dos Office Web Apps não é feita para uso corporativo, mas pode servir bem a muitos usuários. No entanto, algumas das primeiras análises das ferramentas da Microsoft indicam que os Google Apps ainda são melhores.

Hyper-V
Resposta da Microsoft ao VMware, a plataforma de virtualização de servidores Hyper-V está disponível gratuitamente, e também com novas versões do Windows Server. Embora a maioria dos clientes use o Hyper-V para virtualizar o Windows, a Microsoft submeteu o código fonte ao kernel do Linux para permitir que o Linux funcione sob o hipervisor da Microsoft.

Windows Live Essentials
Projetado para incrementar os PCs com Windows com diversos programas gratuitos, o Windows Live Essentials inclui uma galeria de fotos, produtor de vídeo, mensageiro instantâneo, e-mail e rede social.

Ele também inclui o Live Writer (para blogueiros) e o Live Mesh, para sincronização de fotos e documentos entre computadores pessoais e o serviço de nuvem SkyDrive, também da Microsoft.

Windows Azure Platform Introductory Special
O Windows Azure em si não é grátis, mas a Microsoft oferece acesso livre em uma oferta especial que termina em 31 de março de 2011. Esta oferta inclui 25 horas de uma pequena instância de computação por mês, mais 500 MB de armazenamento e 10 mil transações de armazenamento.

SQL Server 2008 R2 Express
A Microsoft faz muito dinheiro vendendo licenças do SQL Server, mas oferece esta versão grátis para “o desenvolvimento e a instalação de aplicações para desktop ,web e pequenos servidores”.

Embora não seja tão bem equipado como a versão paga, este download gratuito oferece 10 GB de armazenamento de banco de dados, o mesmo motor de banco de dados usado em outras versões do SQL Server, e é compatível com o SQL Server 2008 e o serviço de nuvem SQL Azure Database.

A Microsoft oferece em separado o SQL Server Compact, um banco de dados gratuito para a construção de aplicações móveis, para desktop e na web.

Search Server 2010 Express
A Microsoft lançou um servidor de busca gratuito em 2007, e continuou a atualizar seus recursos de busca. O resultado está agora disponível na forma do Search Server 2010 Express. O software exige o Windows Server 2008. Pense nele como um Google (ou melhor, Bing) para seus sistemas corporativos.

BizSpark
O BizSpark não é um simples produto. A Microsoft explica que ele é um programa gratuito de três anos projetado para ajudar as startups de software a crescer mediante a oferta de “ferramentas de desenvolvimento, tecnologias e licenças de produção de software para servidores (incluindo a Plataforma Windows Azure)”.

Para ter direito aos benefícios, as startups devem ter menos de três anos de idade e menos de 1 milhão de dólares em receita. Ao nutrir a próxima geração de startups antes que elas se tornem lucrativas, a Microsoft realmente espera criar futuras ondas de clientes pagantes.

E tem mais
Nem tudo que é “grátis” é realmente sem custo. O Internet Explorer é gratuito, claro, mas oficialmente funciona apenas em PCs com Windows, e o IE9 funciona apenas em máquinas com o Windows 7 ou o Vista.

A Microsoft também alardeia a oferta gratuita de seu System Center Virtual Machine Manager Self-Service Portal, mas os requisitos do sistema mostram que o consumidor precisa primeiro comprar o Windows Server, o Virtual Machine Manager 2008 R2 Administrator Console e o SQL Server 2008.

No entanto, a Microsoft oferece um período de testes de 180 dias para o System Center VMM e diversos outros produtos.

A Microsoft também oferece programas gratuitos de treinamento para aqueles que pagaram por seu software, incluindo um conjunto de ferramentas grátis de treinamento para usuários finais voltados para o domínio do Microsoft Office e do Windows 7.

A Microsoft também oferece algumas ferramentas gratuitas para migrar usuários para o Windows 7, tais como o Microsoft Deployment Toolkit e o User State Migration Tool.

(Jon Brodkin)

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s