Greve em TI: sindicato marca reunião para definir o assunto

A falta de um acordo sobre qual o índice anual de reajuste salarial para os profissionais de TI do estado de São Paulo pode acabar em greve. Pelo menos, é o que sugere o Sindpd (Sindicato dos Trabalhadores de Tecnologia da Informação), o qual agendou uma assembleia para o dia 12/3, durante a qual vai definir se a categoria opta por uma paralisação das atividades e se entra, ou não, na Justiça do Trabalho para pressionar uma decisão.
A reunião para avaliar uma possível greve, segundo o Sindpd, foi motivada depois que o sindicato que representa as empresas de tecnologia, o Seprosp,  cancelou, na última semana, uma nova rodada de negociações salariais. O embate entre as duas partes ocorre desde janeiro, quando o índice de reajuste anual dos salários deveria ser aplicado para o setor.

O principal impasse entre as duas partes é que o Seprosp oferece um reajuste salarial de 6,47% para os trabalhadores do setor. Enquanto que o Sindpd pede um aumento de 11,9%, além de uma série de benefícios, como PLR (Plano de Participação nos Lucros e Resultados), auxílio-refeição de 15 reais por dia e ampliação dos pisos.

Via Olhar Digital

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s