Google muda algoritmo para eliminar “sites ruins”

O Google fez uma mudança drástica na quinta-feira (24): alterou um algoritmo no seu consagrado mecanismo de busca para evitar que sites ruins, com conteúdo de baixa qualidade, apareçam no topo (ou nos primeiros lugares) da lista.

Segundo comunicado da companhia, a alteração vai modificar 11,8% dos resultados de pesquisa e teve como “prova dos nove” os primeiros resultados obtidos com a extensão Personal Blocklist do Google Chrome, que foi lançada na semana passada.

O blog ressalta que, dos sites bloqueados pelos usuários por meio do Personal Blocklist, cerca de 84% mudaram de posição na lista com o uso do novo algoritmo.

A medida se fez necessária pelo surgimento de sites que estão sendo chamados de “content farm” (fazenda de conteúdo). Seus donos criam um ou mais sites com link e palavras certas para aparecerem bem colocados no ranking de busca do Google.

Por Alexandre Mello

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s