Justiça condena Walmart por fazer ex-diretor rebolar

Nas reuniões, funcionários tinham de fazer o movimento ao entoar “hino”
Ex-diretor diz que se sentia constrangido e que, muitas vezes, era obrigado a rebolar sozinho perante todos

Maior rede varejista do mundo e terceira no ranking nacional de supermercados, o Walmart foi condenado a indenizar um ex-diretor que disse ter sido obrigado a rebolar enquanto entoava o “grito de guerra” da empresa em reuniões diárias.
A sentença da 3ª Vara da Justiça do Trabalho de Barueri foi publicada no último dia 9. Cabe recurso.
O Walmart foi condenado a pagar indenização equivalente a dez vezes o valor da última remuneração do ex-diretor, cerca de R$ 140 mil.

O autor da ação é Eduardo Grimaldi de Souza, 40, que trabalhou no Walmart de 2000 a 2009. Segundo ele, na abertura e no final das reuniões diárias, os funcionários tinham de cantar uma espécie de hino motivacional.
Num trecho da música, [que diz: “Me dá um W, um A, um L, Me dá um rebolado”, e assim segue] Souza afirma que aqueles que não fizessem o movimento eram levados até a frente de todos e obrigados a cumprir o rebolado de forma isolada.
Ele diz que, por timidez e constrangimento, deixou de fazer o movimento várias vezes e, por isso, foi obrigado a rebolar na frente dos colegas -havia reuniões com até 300 funcionários no auditório.
“Eu me sentia humilhado, constrangido e cheguei a ponto de querer me ausentar do trabalho. Não me sentia à vontade”, disse.

“SERVOS DA GLEBA”
O juiz Diego Cunha Maeso Montes disse na sentença que o ato do Walmart é medieval e que a empresa tratou os funcionários como “bonecos” e “servos da gleba”.
“Mudos e calados, devem se submeter a todo tipo de ordens e caprichos de seu dono”, afirmou o juiz.
“Na busca do melhor resultado de lucro, não deve haver por parte da empresa uma política de ferir a dignidade do trabalhador”, disse o advogado Eli Alves da Silva, que representa Souza.

Via Folha

Anúncios

One Response to Justiça condena Walmart por fazer ex-diretor rebolar

  1. Jonathan disse:

    Essa noticia é a mais pura verdade, trabalhei no Wal Mart como Comprador durante algum tempo, e infelizmente pude constatar e participar dessas reuniões. Na verdade eles procuram fazer em você uma baita lavagem cerebral.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s