5 dicas para uma reunião com o cliente

Excelente dicas para você fazer a diferença para o cliente!

Faça a barba e corte os cabelos

Você tem o cabelo grande, cavanhaque ou barba mal-feita? É careca e tem duas grandes argolas na orelha e um piercing no nariz? Nesse caso você tem duas possibilidades:

1. Se você quer ser contratado por alguma agência de publicidade, não tem problema nenhum ter o cabelo grande, cavanhaque ou barba. Muito menos ser careca e de piercing. É comum encontrar figuras assim nas equipes de criação de agências publicitárias. Como disse anteriormente, estranho seria um cara de cabelo lambido e de terno e gravata numa equipe de criação.

2. Agora se você quer ser freelancer, a coisa muda. Você além de ser criador ainda é vendedor. Por isso é importante equilibrar as duas coisas. Manter uma boa aparência sem ser muito formal na hora de se vestir. É importante fazer a barba, arrumar os cabelos e se vestir bem. Isso facilita na hora da venda.

Vestuário
Vou encarnar agora o espírito de Gloria Khalil. Bem, esse quesito sempre vai depender do local onde você mora. Complicado um gaúcho, residente nas serras gaúchas, ir a uma reunião com cliente apenas de calça jeans e tênis em pleno mês de julho. Em compensação um paulista ir de paletó para um encontro não seria estranho. Mas pra quem mora em Fortaleza, sim.

Então a dica é: tá na dúvida se vai de paletó ou se vai de camisa? Simples, vá de camisa social, de botão, por dentro da calça social ou calça jeans. Ao invés do tênis, você pode ir com um sapato que não é nem sério demais, nem informal, vá com um sapato de camurça por exemplo. Agora, não recomendo paletó e gravata ou algo arrumado demais. Lembre-se que a roupa transparece o jeito da pessoa. O cliente ao ver um almofadinha, com jeito de executivo, vindo falar como Webdesigner vai achar estranho. “Po, o cara trabalha com criação e se veste assim?”. Ao mesmo tempo, ir de cabelos arrepiados, calça ao contrário, cinto largadão, cheio de estilo, pode assustar o cliente e passar extrema falta de seriedade. Por isso é bom equilibrar no visual.

Bom português

Você costuma falar “Diga lá mano!” ou “E aí chefe, como vai? (mesmo quando a pessoa do outro lado não é seu chefe?)”? Esqueça as gírias. Seu cliente acha gíria coisa de moleque e sabemos que o conceito de moleque nos remete a irresponsabilidade. E sei que irresponsável você não é. Então evite frases como “Po, bicho, assim, tipo… o sistema é tipo, tipo assim…” ( elimine a palavra tipo de sua vida )

Notebook

Utilize o notebook com moderação. Portanto não vá colocar na primeira reunião seu notebook em cima da mesa do cliente. Primeiro converse, veja as necessidades dele. Se ele tiver computador, melhor ainda, basta visualizar o que for preciso junto com o cliente. Ao fazer o briefing, é mais elegante rabiscar no papel, colocando todas as anotações e apontamentos. Só utilize seu notebook se realmente for necessário acessar algo que só tenha em seu equipamento.

Celular

Desligue. Se estiver ligado e alguém ligar, não atenda e desligue.


Sorria!

Ninguém, muito menos o cliente, gosta de lidar com pessoas mal-humoradas, de cara fechada. É fato que uma pessoa sorridente e simpática leva vantagem na hora da venda. Não é pra você ser palhaço, muito menos comediante. Apenas bem-humorado. É possível ser bem-humorado mesmo sendo tímido. Basta esboçar um sorriso sincero no rosto. Uma dica é acordar de manhã e se olhar no espelho. Ao ver sua cara de bunda matinal com os cabelos todos arrepiados, fatalmente você irá dar um belo sorriso.

Por Bruno Avila

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s