Skype continua com problemas na manhã de quinta-feira

O Skype, serviço de comunicação de voz sobre IP, continua fora do ar na manhã desta quinta-feira (23). Na quarta (22), a ferramenta de comunicação passou o dia indisponível e, por volta das 16 horas (horário de Brasília), a empresa divulgou em seu perfil oficial no Twitter que estava ciente do problema e que estava procurando solucioná-lo o quanto antes.

Por volta das 10h30 (horário de Brasília) desta quinta foi publicado um anúncio no blog (em inglês) dizendo que cerca de 5 milhões de pessoas estavam online, ou cerca de 30% do valor normal para aquele horário. O último comunicado oficial havia sido divulgado às 4h (horário de Brasília), basicamente com um pedido de desculpas e agradecimento pela paciência.

Sobre os 5 milhões de usuários conectados, Peter Parkes, da área de comunicação, escreveu: “Esse número está crescendo o tempo todo. Infelizmente, não é possível prever individualmente quando cada usuário conseguirá conectar-se de novo. Agradecemos pela paciência enquanto isso”.

Ele reforçou que a ferramenta Skype Connect, para corporações, está funcionando normalmente. No entanto, o mesmo não acontece com as demais e afirmou que a ferramenta de videoconferência em grupo deve demorar ainda mais para voltar ao seu funcionamento normal.

Voltaremos em instantes
Na quarta, a empresa havia informado em um comunicado que a situação estava voltando ao normal e que, em algumas horas, o serviço seria restabelecido em todo o mundo.

Para explicar o ocorrido, Peter Parkes, comentou, também no blog, que as conexões que interligam os usuários (chamados supernodes ou “supernós”, em tradução livre) ficaram offline em função de “alguns problemas” com as versões do Skype. “Nossos engenheiros estão criando novos ‘supernós’, o que fará com que o serviço volte, gradualmente, ao normal (…) Alguns recursos, como chamada de vídeo em grupo, podem levar mais tempo para voltar ao normal”, postou Parkes.

Nesta manhã, as reclamações no Twitter continuam, em diversas línguas.

Qualidade do serviço
A queda ocorrida apenas alguns dias antes dos feriados natalinos, lembra a agência de notícias Reuters, marca o mais recente revés para a reputação do serviço parcialmente controlado pelo grupo de varejo online eBay. Desconexões de telefonemas e baixa qualidade vêm há muito sendo vistos como pontos fracos do Skype, que oferece serviços gratuitos de voz e vídeo entre usuários, bem como ligações de baixo custo para linhas de telefonia fixa. A empresa contava com 124 milhões de usuários em outubro. A última grande pane do serviço ocorreu em agosto de 2007, depois de uma atualização rotineira de software.

Muitos consumidores vêm hesitando em abandonar seus telefones fixos e depender exclusivamente do Skype devido em parte a questões sobre a confiabilidade da tecnologia. Essas preocupações, acompanhadas por outras dúvidas quanto à segurança online dos serviços da companhia, retardaram a expansão do Skype no mercado empresarial.

Agora, o grupo enfrenta concorrência de rivais online, como o Google, que permite que seus usuários façam telefonemas usando suas contas do Gmail, além de ferramentas sofisticadas de videoconferência tais como o sistema “umi”, da Cisco Systems.

Oferta pública
O Skype planeja levantar US$ 1 bilhão em capital por meio de uma oferta pública inicial de ações, disseram fontes próximas do assunto à Reuters, no mês passado. Uma delas afirmou que a abertura de capital deve acontecer no ano que vem.

O Skype foi criado em 2003 e adquirido em 2005 pelo eBay, por US$ 3,1 bilhões. Em novembro, o eBay vendeu participação majoritária a um grupo de investidores que inclui Silver Lake, Canada Pension Plan Investment Board e Andreessen Horowitz, por US$ 1,9 bilhão em dinheiro e US$ 125 milhões em títulos. O eBay reteve uma participação de 30%.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s