5 vexames das empresas de tecnologia em 2010

“Errar é humano”, já dizia o ditado. E mesmo as grandes empresas de tecnologia não poderiam escapar dessa premissa.

Embora este ano tenhamos visto coisas bizarras acontecendo no mercado, selecionamos apenas algumas que se destacaram pela falta de sensibilidade dessas grandes corporações de se atentar às necessidades atuais e à segurança na navegação do usuário.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Microsoft Kin

Os smartphones chegaram às lojas físicas americanas no dia 13 de maio e o preço dos modelos para contratos de 2 anos pela Verizon era de 49,99 dólares e 99,99 dólares. Mas o aparelho teve péssimos resultados e menos de 2 meses depois do lançamento, a Microsoft tirou os aparelhos das lojas. Agora parecem ter voltado às prateleiras da operadora, mas aparentemente apenas para finalizar o estoque.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Antena do iPhone 4

Logo depois de ser apresentado por Steve Jobs, em junho deste ano, o iPhone 4 virou notícia por uma razão não esperada pela Apple: ao segurar o telefone e colocar a mão sobre o local onde fica a antena, a recepção do sinal fica prejudicada. A Apple demorou para reconhecer o problema e na tentativa de minimizá-lo dizia que bastava utilizar uma capa de silicone própria para o aparelho que o problema estaria sanado. Mas o vexame foi inevitável e ficou conhecido como “Antennagate”, em alusão ao caso Watergate que derrubou o presidente americano Richard Nixon.

Google Wave FAIL

 

 

 

 

 

 

 

 

Google Wave

O serviço Wave foi anunciado com estardalhaço pelo Google em maio de 2009. Era um projeto ultra-ambicioso. A nova ferramenta de comunicação deveria substituir o e-mail, as mensagens instantâneas, os wikis, os serviços de chat e as redes sociais. Mas a ferramenta era confusa e ineficaz e, sem popularidade, em agosto deste ano, o Google anunciou que estava parando seu desenvolvimento.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Facebook x Privacidade

Este ano definitivamente o Facebook não acertou a mão na privacidade do site. Foram diversas denúncias de falhas, bugs e invasões ao longo de 2010. Sem contar o pior de todos que identificou o roubo de dados por aplicativos como FarmVille e Mafia Wars.

 

 

 

 

 

 

 

MouseOver no Twitter

Uma falha de segurança foi muito explorada por crackers no Twitter, especialmente em setembro. Com a nova modalidade, páginas maliciosas têm sido abertas apenas com o passar do mouse sobre os links, o chamado “MouseOver”. Os códigos levavam a sites pornográficos, abriam mensagens pop-up ou simplesmente retuitavam um falso link com cores ou tamanhos de fonte para chamar ainda mais a atenção das vítimas. O feito fez até o Twitter pedir desculpas publicamente.

 

Fonte: INFO

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s