Como economizar dinheiro para comprar um imóvel

Muitas pessoas conhecem ou são pessoas que não conseguem adquirir bens, principalmente quando falamos de imóveis. As dicas que serão aqui apresentadas servem para você economizar para a compra de um imóvel mas são completamente aplicáveis a outras aquisições. Boa leitura e boa aplicação das dicas.

São Paulo – Especialistas, a exemplo de Mauro Halfeld, entendem que aumentaria consideravelmente o número de famílias com acesso ao financiamento de imóveis, se elas aprendessem a economizar. Além de acumular um dinheirinho na poupança ou algum outro investimento, o candidato a mutuário deve, prioritariamente, livrar-se de juros, sugerem os especialistas.

No livro intitulado “Seu Imóvel”, escrito com a colaboração de Carlos Eduardo Paletta Guedes, Halfeld comenta que é comum às famílias brasileiras comprometerem mais de 25% do orçamento doméstico com o pagamento de juros, embutidos nos crediários, no cheque especial e nos cartões de crédito, por exemplo.

O percentual de 25% da renda individual (ou familiar) do pretendente é um dos determinantes utilizados pela maioria das instituições de crédito imobiliário, para limitar o teto do financiamento. Por exemplo: quem tem renda mensal de R$ 2 mil consegue obter um financiamento cujas parcelas de amortização alcancem até R$ 500/mês. Halfeld entende que a drástica redução dos gastos com juros é uma grande aliada para a compra do sonhado imóvel; e que a estratégia para “chegar lá” é a disciplina.

Já a indisciplina tolhe a chance de poupar, e se manifesta notadamente nos usos do cheque especial e do cartão de crédito, “que estão entre os principais motivos de endividamento do brasileiro”, opina Halfeld.

“O cartão de crédito é um instrumento muito prático, mas se você não tiver dinheiro para quitar a íntegra da fatura do mês, não compre. Não se atreva a fazer apenas o pagamento mínimo; não deixe nem mesmo um centavo de dívida para o mês seguinte”.

O reforçado alerta de Halfeld é porque os juros do saldo devedor do cartão de crédito correm quilômetros à frente da inflação.

Em resumo, como primeiro passo para economizar recursos que auxiliam na compra de imóvel, Halfeld sugere quitar dívidas, prioritariamente aquelas com juros maiores, como o saldo devedor do cartão de crédito.

Segundo passo: adquirir o saudável hábito de comprar à vista. Neste item, Halfeld observa que a aquisição do imóvel é exceção. Sugere que, ao analisar os prós e os contras do financiamento imobiliário, seja incluído no cálculo o valor despendido com aluguel. Porém, acrescenta que a compra à vista é o melhor negócio, em qualquer caso.

“Quem compra à vista pode pechinchar e impor regras. Quem compra a prazo, obedece”, diz Halfeld, para quem muitos acreditam que os compromissos com prestações disciplinam os gastos do orçamento doméstico.

É crença generalizada que inexistindo o compromisso com as prestações, também não acontecerá a economia para comprar à vista, segundo comentário de Halfeld.

“A ‘disciplina’ através de um crediário é um péssimo negócio. Por exemplo, em uma compra para quitação em 24 meses, juros de 7% ao mês representarão ao final 109%”, exemplifica.

Terceiro passo: reserva para emergências. Halfeld aconselha reservar uma quantia (ainda que pequena), e aplicá-la em caderneta de poupança, por exemplo.

“Se você tem um emprego estável, programe-se para acumular a aplicação até chegar ao total de três vezes o valor de seus gastos mensais. Se sua renda for instável; ou se você teme perder o emprego lute para juntar o equivalente a seis vezes o valor da sua despesa mensal. Sei que a meta é difícil, e leva tempo. Para alcançá-la, reduza temporariamente os gastos com viagens, com refeições fora de casa e outras despesas que não forem essenciais”, aconselha o especialista.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s